domingo, outubro 01, 2006

Outono



Leve carícia de Outono
Esperança renovando
Vegetações que morrendo
Vão nascendo!

Cada folha, cada dia,
Cada cor seu esplendor
Semente da flor!
Mateus Gouveia
01/10/2006

19 Comments:

Blogger Su said...

gostei..cada folha, cada dia....renovando....
jocas maradas de cores

domingo, outubro 01, 2006 9:00:00 da tarde  
Blogger Emilia said...

Isso é ter alma de poeta! Imagem linda. Desejo-te um Outono feliz.
Bjo

segunda-feira, outubro 02, 2006 11:01:00 da manhã  
Blogger Papoila said...

Olá Soslayo:
Linda foto de folhas de cores outonais (que adoro) e um poema simples mas belo pela renovação.
Beijo

segunda-feira, outubro 02, 2006 2:07:00 da tarde  
Blogger Ana S. said...

O outono é uma estação de grande beleza. Caem as folhas e as arvores preparam-se para uma longa jornada.
Eu gosto!
Beijos

segunda-feira, outubro 02, 2006 4:03:00 da tarde  
Blogger Naru said...

Não sou muito adepta do Outono, ver as folhas no chão, as árvores ficarem despidas...
Mas gostei do poema e da imagem!
Bjs

segunda-feira, outubro 02, 2006 5:37:00 da tarde  
Blogger pisconight said...

Continuas muito inspirado... cheira-me a livro...
;)

PS: Também vais tornar o teu blog em livro?

segunda-feira, outubro 02, 2006 6:12:00 da tarde  
Blogger Um Poema said...

Lindo, em palavras e imagem, o teu Outono.
Um abraço

terça-feira, outubro 03, 2006 5:09:00 da tarde  
Anonymous Lília said...

Que caem as folhas e que venha o frio. Estou cansada do Verão!
Tenho saúdades da lareira acesa, de me enrolar numa manta enquanto a chuva bate na janela.

terça-feira, outubro 03, 2006 5:23:00 da tarde  
Blogger ginjasilver said...

Cada estação tem a sua beleza(...) as folhas caindo, são fagulhas de mais um comboio que já passou ou está a passar...

quarta-feira, outubro 04, 2006 12:24:00 da manhã  
Blogger Thiago Forrest Gump said...

Sem dúvida, é minha estação predileta! :)

quarta-feira, outubro 04, 2006 3:44:00 da tarde  
Blogger António Rosa said...

Este é um convite que estou a deixar nos blogues, para se fazer um simples exercício de visualização criativa,a favor da cadelinha Bonny, que tem um carcinoma mamário.

É simples, demora 3 minutos e está explicado no meu blogue "Postais da Novalis".

É compaixão.

Agradecido,

António Rosa

quinta-feira, outubro 05, 2006 12:27:00 da manhã  
Blogger Spirit said...

Hi, I've enjoyed visiting your blog. I am trying to get a site up and running similar the Air Fare blog.

quinta-feira, outubro 05, 2006 7:36:00 da tarde  
Blogger Castor (moi-je...ehe, ehe) said...

Olá Soslayo!!! O Castor voltou com o Outono! Sem sono, no Outono, o Castor já não é mono. UGA! Voltei e vou voltar)

sexta-feira, outubro 06, 2006 12:03:00 da manhã  
Blogger Emilia said...

Ó conterrâneo, então, foste apanhado pelo outono e não voltaste a postar?!Vim aqui ver-te e só reli o poema do outono. Já quase o sei de cor...
Bjo

sexta-feira, outubro 06, 2006 11:26:00 da manhã  
Blogger an ordinary girl said...

Não sei de datas, mas sinto que ele já chegou, o Outono.
Gosto mais da Primavera. Mas tento sempre guardar em mim um calorzinho do Verão e umas corzinhas da Primavera para me aguentar no Outono e Inverno.

Um beijo e bom fim de semana, Soslayo.

sexta-feira, outubro 06, 2006 8:51:00 da tarde  
Blogger Castor (moi-je...ehe, ehe) said...

O que é que andei a fazer? Olha, fiz parte da "Comissão para a extinção da função pública" - ouviste falar? Pois, mas agora como fomos todos despedidos para não nos atribuirem responsabilidades do caos público que criámos, ... cá estou eu...ehe, ehe, ehe ;-)

sexta-feira, outubro 06, 2006 9:28:00 da tarde  
Blogger soslayo said...

Castor (moi-je...ehe, ehe):

Ó Castor também és contra toda a função pública!? Não batas mais no ceguinho. Como a função pública está a ser tratada pelo Sócrates e seus seguidores, não tarda nada que vai acontecer como no tempo do Salazar, em que quase todos os funcionários públicos tinham que trabalhar à noite depois das horas do expediente como taxista para puderem sobreviver!!! Isto segundo me dizem familiares meus, por que eu não sou desse tempo, felizmente. (moi-je...ehe, ehe) Um abraço.

sexta-feira, outubro 06, 2006 9:53:00 da tarde  
Anonymous NANDUS said...

MEU CARÍSSIMO"SOSLAYO"!
OBRIGADO PELAS PALAVRAS INCENTIVADORAS QUE DEIXOU NO LIVTO DE VISITAS DO MEU "VENTOS QUE PASSAM". AQUI ESTOU! E...PARA COMEÇAR - ALÉM DO INTERESSE QUE SEU BLOG, EM GERAL, ME SUSCITOU - ...LOGO A BOA DISPOSIÇÃO QUE OFERECE COM O NOSSO QUIM BARREIROS! ADOREI. TENHA A CERTEZA QUE VOLTAREI. UM GRANDE ABRAÇO AÍ PARA A MADEIRA, ONDE VOU VÁRIAS VEZES E TENHO FAMILIARES E ALGUNS AMIGOS... VOCÊ SERÁ MAIS UM CERTAMETE.
FERNANDO

quarta-feira, outubro 11, 2006 10:15:00 da tarde  
Anonymous Saramar said...

Lindo, lindo!
O outono é rico e seus versos são mais ricos e belos.

beijo
P.S. Aqui é primavera.

quinta-feira, outubro 12, 2006 8:31:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home





contador