quarta-feira, fevereiro 21, 2007

PORTUGAL FRAGMENTADO

Foto de: Ultraperiferia
Depois da anestesia do aborto que embalou todo este país, de peripécias políticas que ajudou a desvanecer o cidadão dos seus reais interesses. Tivemos um Carnaval recheado das mais enfadonhas máscaras que o governo quer atribuir. Todos os dias somos bombardeados por índices de descidas e subidas do desemprego elaborados com a maior desfaçatez para minorar o impacto deste na sociedade portuguesa. Mas, o português anónimo já se apercebeu que a máquina poderosíssima de propaganda montada no terreno para a Comunicação Social é inigualável a esta, que alguma vez se fez sentir após o 25 de Abril de 1974.
Todas as medidas tomadas até aqui demonstram claramente mesmo para aqueles que de economia e finanças só sabem fazê-lo na doméstica, dado que não se espera nada de concreto dessas medidas, que beneficie toda uma população carente de um porvir social mais consentâneo com o século que vivemos apesar das contrariedades da economia mundial apontarem para outras direcções. Mas isso é outra história.
No nosso Portugal pequenininho elegeu-se como ‘o mal de todos os males’ uma parcela do território português a Região Autónoma da Madeira pelo simples facto de esta ter aproveitado todas as oportunidades que lhes foi posta à sua disposição quer pela União Europeia quer por aquilo que lhe é devido do Orçamento de Estado.
Sócrates primeiro-ministro, já não tem mão no Portugal que diz governar. Ainda ontem, num cartaz dum grupo de foliões carnavalesco, podia lêr-se o seguinte: “Sócrates se a Madeira queres governar, primeiro tens de a conquistar”. E, pelos vistos, o senhor primeiro-ministro quer conquistar a Madeira com a fome que anda a semear…
Este partido socialista português de lá, como o de cá é: ‘um saco de gatos, amarfanhados’ em quem não pudemos confiar.
Estou plenamente de acordo com a medida tomada pelo Presidente do Governo Regional da Madeira em se demitir. Agora vamos redefinir as regras do jogo. Veremos qual é o manancial que o PS tanto diz possuir de quadros competentes, para serem alternativa credível ao Governo que agora se demitiu! Sobretudo, depois da traição aos Madeirenses que os socialista locais levaram a efeito junto de Lisboa.
Onde irá buscar os milhões o amigo de Lisboa para mais esta campanha do PS local e, se lhes valer a pena, porque este povo sabe o que quer!
Quem semeia ventos colhe tempestades, já diz o povo e em boa verdade.

9 Comments:

Blogger Ana S. said...

Olha ele!
Quem é vivo sempre aparece! lol
Eu pensei que a demissão do Presidente da R.A.M era uma partidinha de carnaval, tanto que nem levei a serio mas acho muito bem!
beijos

quarta-feira, fevereiro 21, 2007 3:51:00 da tarde  
Blogger Papoila said...

Olá Soslayo!
Até que enfim! Um Carnaval animado este com a demissão do Alberto João.
Ainda matas de coração os amigos com as tuas ausências.
Beijo

quarta-feira, fevereiro 21, 2007 3:52:00 da tarde  
Blogger Um Poema said...

Bom regresso!... É bom constatar que não deixaste o convívio dos amigos.
Mas vamos ao teu artigo.
Sabes o que mais me pesa em toda esta fantochada política?... É sentir que todos, mas todos mesmo, até os que votaram contra o 'engenheiro pinóquio', são obrigados a suportar o custo dos seus caprichos (ou distúrbios mentais?).
E não penses que é apenas a R.A.da Madeira, a queixar-se. Os dedos das duas mãos não bastam para contabilizar as regiões que têm sido espoliadas dos seus mais elementares direitos.
Basta olhar o que se está a passar, agora mesmo, na região de Chaves/Vila Pouca de Aguiar.
Só que a Madeira, tem a dirigir-lhe os destinos, alguém capaz de reagir politicamente aos desmandos da 'prima dona'. E isso parece estar a incomodar demasiado os xuxalistas, já que uma votação expressiva no demissionário, representará uma bofetada de luva branca. Daí as reacções virulentas ao pedido de demissão, como se tal acto não fosse legítimo.
Já no que se refere aos espoliados de cá (talvez por não terem uma figura política aglutinadora), o desprezo com que a eles se referem os (des)governantes é ostensivamente ofensivo. E só se entende face à certeza da total impunidade.
É óbvio que, quanto mais se multiplicam as reacções de descontentamento, mais silenciadas ou desvalorizadas são por jornaleiros e pasquineiros e mais sondagens aparecem a entronizar a figurinha. Só que o recurso à habilidade foi já tão usada e abusada que muita gente aprendeu a perguntar quem pagou a sondagem, antes de a considerar credível.

Protestar contra os políticos, contra TODOS OS POLíTICOS, é um direito de todos nós. Deviam ser pessoas impolutas e imbuídas de espírito de serviço. Contudo, são arrogantes, aldrabões, desonestos e o espírito que os comanda é muito menos o de servirem e muito mais o de SE servirem.

Um abraço

quarta-feira, fevereiro 21, 2007 9:53:00 da tarde  
Blogger chuvamiuda said...

..............

Olá Amigo

para mim se queres saber, o que mais me importa é que voltaste, acredites ou não isto é puro

as tuas opiniões respeito-as e muito, também é bom que o saibas

na realidade como sempre quem se lixa é o mexilhão=zé povinho, quanto aos protagonistas esses por mais razão que possam ter, limitam-se a satisfazer os seus caprichos, e quem paga são sempre os mesmos

muito disparate se tem feito de norte a sul e ilhas, concordo plenamente, gostaria que pelo menos este gesto do governante regional obtivesse proventos para a região, mas não me parece, oxalá eu esteja enganado, como já aqui disse em tempos eu sou um cidadão do mundo, e como tal sou de onde estou, e estou aqui, sou de corpo e alma daqui, tendo naturalmente orgulho das minhas origens, mas uma coisa não invalida a outra

ena! até estou parvo, acho que nunca fiz um comentário desta dimensão, ams estou convicto e sei, que é pela satifação de poder voltar a conviver contigo

isto é real e puro!

fazes cá falta, seja pelas causas ou convicções a que te entregas, de uma coisa eu não duvido, ÉS GENUÍNO!

Um grande Abraço e noite serena!

quarta-feira, fevereiro 21, 2007 10:40:00 da tarde  
Blogger JSilvio said...

Nem + :)

quinta-feira, fevereiro 22, 2007 10:05:00 da manhã  
Blogger Castor (moi-je...ehe, ehe) said...

Pois eu cá acho que JJ fez muito bem em demitir-se mas muito mal em voltar a candidatar-se. Não percebi, não compreendi e não alcancei. Aliás, quanto ao que a minha inteligência processa, digo-te que estou com grande dificuldade em compreender, quer as tropelias do Gov. Regional da Madeira, quer os malabarismos do Gov. da República. Cá por mim, andam todos a concorrer às Olimpiadas de Ginástica. Que vença o melhor, apesar de prever uma competição renhida e sangrenta...ehe ehe ehe!!! Um Abraço e bem vindo.

quinta-feira, fevereiro 22, 2007 11:37:00 da tarde  
Blogger margarida said...

Digam o que quiser, chamem o que entenderem, mas há duas pessoas que admiro uma Alberto João outra o Jorge Nuno Pinto da Costa.
bjcs

terça-feira, fevereiro 27, 2007 12:22:00 da manhã  
Blogger Thiago Forrest Gump said...

Não há carnaval que resista.

terça-feira, fevereiro 27, 2007 4:51:00 da tarde  
Blogger Vida said...

Seja benvindo novamente e sua casa, já fazia falta movimento por aqui... e o carnaval por aí também foi bastante movimentado, em todos os aspectos.

Beijos.

segunda-feira, março 05, 2007 3:30:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home





contador