domingo, setembro 02, 2007

VICISSITUDES ESTIVAIS

A minha mala ficou com a mão, virada do avesso...
Fim de férias e de algumas peripécias com vários acontecimentos pelo meio. Nada melhor que a diversidade para nos aguçar o espírito e, tirar-nos daquele marasmo e monotonia rotineira diária. Depois de um upgrade e actualização do PC como convém a todo o blogueiro que se preze, com dificuldades da mais variadíssima ordem, ou seja, munir o computador de todas as ferramentas necessárias para um bom desempenho informático e assim colocar-se a máquina oleada para quando o tempo o permitir, dar seguimento a este lazer da Internet.
Ultrapassada toda esta fase, partimos para férias faseado em duas etapas, uma no Norte de Portugal para uma cerimónia de enlace de um familiar, onde tudo decorreu da maneira mais esperada e desejada, como o Norte, e ninguém, sabe fazer nestas coisas do matrimónio.
Numa segunda opção, uma descida mais para baixo da ‘Linha do Equador’ que neste caso é Lisboa: goza-se uns dias de praia e sol intercalado com algumas chuvas a meio do percurso: mas tudo bem! Nada do que acontece, acontece por acaso! A natureza determina e, nós obedecemos e sujeitámo-nos aos seus caprichos e/ou lógica…
Regresso a casa. Para quem vive numa Ilha como é o meu caso, acontecem ultimamente coisas ‘interessantes’ nos transportes aéreos que servem este arquipélago. As malas vêm em aviões diferentes e, as que chegam no mesmo avião, apresentam-se quebradas com as mãozinhas pelas quais se puxam para que possam evoluir no chão, completamente destruídas. Há para aí uma nova empresa chamada «groundforce» encarregue de tratar das malas dos passageiros em viagens aéreas, cujos trabalhadores, mais parecem “forcados” da maneira violenta como lidam com as bagagens!

Post Scriptum:
Na blogosfera postar é também – julgo – um acto de livre expressão no tempo e assiduidade, não sendo obrigatória nem pela “Blogspot.com” nem por determinismos individuais de blogueiros que assim o entendem, que para se possuir um blog é necessário fazê-lo diariamente e em quantidade: classifico essa forma de pensar como “enchidos” à boa maneira das “alheiras do Porto” para serem servidas num qualquer ‘Cozido à Portuguesa’, que apesar de ser delicioso nem sempre o estômago aceita!
Vem isto a propósito de alguém considerar que um blog que não publique um post com a periodicidade idealizada, está, efectivamente moribundo… eis aqui o contraditório!?

Etiquetas:

18 Comments:

Blogger Woodworm said...

A bagagem chegou destruida?
bem bom...

muitas vezes nem chega...lol

segunda-feira, setembro 03, 2007 10:43:00 da manhã  
Blogger Ana S. said...

Olá Soslayo.
Já estavas fazendo falta :)
Ralmente vi escrito num site que blog que se preze tem de ser actualizado diáriamente mas sinceramente... haja inspiração! lol
Beijos

segunda-feira, setembro 03, 2007 11:33:00 da manhã  
Blogger Papoila said...

Olá Soslayo:
Aguardava notícias das férias. Quanto à actualização diária do blog, haja paciência... lol... bom é saber notícias regulares dos amigos.
Beijos

segunda-feira, setembro 03, 2007 5:50:00 da tarde  
Anonymous delta said...

Chegas de férias e só falas de malas e blogs moribundos?

Eu quero é saber por onde andaste a passear...em que praias andaste...como é que está esse bronze...que iguarias comeste...se foste para a night...enfim...tudinho...

Hoje sinto-me: Cusca!!!


:-)

segunda-feira, setembro 03, 2007 10:51:00 da tarde  
Blogger soslayo said...

Delta

Lembrei-me sim dos amigos da blogosfera enquanto deambulava sem destino por esse continente lindo, fazendo férias cá dentro! Sobretudo de três nomeadamente, a saber: Delta enquanto percorri inúmeras vezes a auto-estrada da linha num passo de caracol porque a sinalética do trânsito dizia "velocidade controlada - Radar" 60, 70 e 80 excepcionalmente! Da Papoila quando passei por Ermesinde. Do "Um Poema de vez em quando" Vítor Cintra quando fui a Sintra na subida para o Castelo comer um "travesseiro". Mas enfim, não tinha contacto de nenhum e passei despercebido e no anónimato como sempre! Os passeios foram imensos de Penafiel a Matosinhos no "Factory" e na baixa da Cidade do Porto mais propriamente na Ribeira onde almoçei uma vez. No NorteShopping que achei muito lindo e completo para gastar umas 'massas'. Nas praias da "azurjinha" no Estoril frente à estação dos comboios e também muitas vezes em frente ao "Casino Estoril" ficando o bronzeado + ou - porque não tenho pachorra para me deitar ao Sol como uma lagartixa. No Freeport em Alcochete nas lojas de Outlet's. Os copos na noite e como a coisa anda preta em termos de segurança uns copos num barzinho muito jeitosinho na Rua Egas Moniz mesmo pertinho de casa, no COPUS BAR. E como o que é bom acaba, voltei para recomeçar a visitar e comentar o meus amigos. Um beijo.

segunda-feira, setembro 03, 2007 11:46:00 da tarde  
Anonymous delta said...

"enquanto percorri inúmeras vezes a auto-estrada da linha num passo de caracol porque a sinalética do trânsito dizia "velocidade controlada - Radar" 60, 70 e 80 excepcionalmente!"

:-/

Por acaso tenho cara de caracol???

:-)

terça-feira, setembro 04, 2007 12:52:00 da manhã  
Blogger soslayo said...

Ahahahahahahah. De jeito nenhum me passou pela cabeça que o tivesses, apenas e só, queria dizer que como desta vez tive um "carrito" circular por ali quase a "passo de boi" devido às limitações maça um pouco, pois já andei por ali bem mais depressa! Agora não me arranjes outra expressão acerca do "passo de boi" porque apenas quero referir que ali exageraram na regra da limitação, ou seja, muito devagar! Um beijo.

terça-feira, setembro 04, 2007 1:15:00 da manhã  
Blogger Insolente said...

É sempre agradavel ouvir frases como "pedimos desculpa pelo incomodo, a sua mala é capaz de demorar um pouco a chegar uma vez que se encontra na polónia...". Fica ainformação que O Prazer da Insolencia está de volta desta vez no blogger, é favor dar uma espreitadela. Ora então um grande bem haja

quinta-feira, setembro 06, 2007 4:46:00 da tarde  
Anonymous delta said...

Foste à Piriquita???

:-)

sábado, setembro 08, 2007 12:24:00 da manhã  
Blogger Ana Abreu said...

E passado um mês, a saga das malhas perdidas no aeroporto da madeira ainda continua?!

Haja paciência...

sábado, setembro 08, 2007 7:44:00 da tarde  
Blogger Ana Abreu said...

E passado um mês, a saga das malhas perdidas no aeroporto da madeira ainda continua?!

Haja paciência...

sábado, setembro 08, 2007 7:44:00 da tarde  
Blogger Rose said...

Querido Soslayo,

nosso caos aéreo também é bem preocupante quanto a perdas e ou estragos de malas e ainda vai muito além, quem sai por qualquer razão para uma viagem no mínimo quer sossego e ñ preocupar-se com bagagens...

parece que o mundo todo vive esta crise...

fique bem

beijos

terça-feira, setembro 11, 2007 11:25:00 da manhã  
Blogger Thiago Forrest Gump said...

Também moro numa ilha, sei bem como é! :D

quarta-feira, setembro 12, 2007 6:10:00 da manhã  
Blogger Santa said...

Depois de um lonnnngo período em repouso devido a cirurgia no braço, volto a visitar e ler meus blogs preferidos. Entre eles, é claro, o IN MENTE.

Beijos, aqui do Brasil.

sábado, setembro 15, 2007 3:56:00 da tarde  
Blogger Emilia said...

Viva e parabéns, pelo enlace familiar e pelo upgrade. Malas em viagem, eu sei como isso é. Em Maio uma das nossas andou perdida pelo aeroporto de Lisboa durante 4 dias.Essa groundforce deixa muito o desejar.
Bjinho.

sábado, setembro 15, 2007 11:16:00 da tarde  
Blogger ap said...

........

Amigo,

um bom Cozido à Portuguesa pois então, repara sempre as agruras de um qualquer precalço

;))

..................

Abraço e tudo do melhor para vós

quarta-feira, setembro 19, 2007 8:42:00 da tarde  
Blogger margarida said...

Vá lá amigo a "groundforce", não ter enviado a bagagem para outro país foi uma sorte.:)

segunda-feira, setembro 24, 2007 12:01:00 da manhã  
Blogger Rui Luís Lima said...

olá soslayo!
ter um blogue e publicar é um pequeno prazer...
abraço cinéfilos
paula e rui lima

segunda-feira, setembro 24, 2007 4:17:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home





contador