sábado, junho 23, 2007

ACULTURAÇÃO DA LÍNGUA PORTUGUESA

Hoje ao rever alguns comentários feitos na minha caixa de comentários aquando da publicação dum poema meu sobre o 25 de Abril de 1974 e reflectindo no que lá dizem, nomeadamente do desinteresse por parte da nossa juventude, quer seja na política, ou noutros acontecimentos mais relevantes da nossa história assim como das datas marcantes e efemérides que ao nosso país diz respeito, podemos chegar às seguintes conclusões!
São as novas tecnologias que levam a juventude actual a não se interessar por outras coisas tão ou mais importantes que, os computadores, os telemóveis, as playstion’s, e as salas de chat’s etc. etc.
A velocidade com que se verifica a transmissão de dados nessas novas tecnologias obriga a que sejamos rápidos nas abreviaturas das palavras do português normalmente escrito, numa escrita com tempo e ponderada. E isto acontece por via dos telemóveis ou através de fóruns de chat’s na Internet.
Existe também uma aculturação exagerada das expressões estrangeiras na nossa língua pátria (língua esta que considero a mais linda do mundo!).
Adultera-se completamente o português e depois culpam-se os professores de português pela banalidade com que muitas das pessoas escrevem sem regras, sentido e concordância, jogando simplesmente a gramática para o “cesto dos papéis”.
Há dias recebi uma gravação em 'wma' por e-mail mas só trazia a voz e não imagem. Depois de reconvertê-la o 'wma' em 'mp3' pude assim colocar no play como podeis ouvir na dissertação do excessivo “estrangeirismo na língua portuguesa”, feita e muito bem, por este falante da língua Portuguesa, com sotaque do sertão da Bahia - portanto Brasileiro -.
Claro que estou totalmente de acordo com ele! Pois nunca será demais lutarmos, apesar da globalização, pela salvaguarda da nossa Língua, a de Camões!

Estrangeirismo no ...

Etiquetas:

7 Comments:

Blogger antónio paiva said...

.................

Amigo,

é mesmo assim, em tepos tb eu "postei" sobre isso

mais uma vez vamos bater à necessidade de aprender Cidadania

o meu post de hoje de alguma forma também está ligado ao teu

(quanto a ti Amigo, nem por sombras me passou pela ideia teres tais pensamentos! quanto às editoras ou forma de editar, as convencionais são muito piores para novos autores, apropriam-se do que escrevem no final fazendo as contas ficam com tudo, daí a minha opção de edição)

...........................

Abraço, resto de bom Domingo e boa semana

domingo, junho 24, 2007 1:27:00 da tarde  
Anonymous Rodrigo said...

Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Até mais.

domingo, junho 24, 2007 2:16:00 da tarde  
Blogger Ana S. said...

Olá Soslayo.
A internet é um serviço rápido e eficaz para ter tudo (ou quase) ao nosso alcance. Se calhar a forma de fazer com que os jovens estivessem mais interessados na política (mais exactamente nas eleições) era existir um serviço que possibilitasse o voto através da internet ou até mesmo por sms. Ias ver como a famosa abstenção baixava significativamente.
Outra das coisas para fazer com que os jovens ligassem mais á politica era haver políticos que realmente cumprissem o que prometem porque de promessas estamos cheios.
Quanto aos estrangeirismos acho que é só uma forma de parecer "fixe" ou culto.
Beijinhos

segunda-feira, junho 25, 2007 11:46:00 da manhã  
Blogger Maria said...

Perfeitamente de acordo contigo....
Mas, e a propósito, porque é que tens, por baixo da foto do Cristiano Ronaldo, a expressão "Portuguese born in Madeira Island", em vez de O Ronaldo é Madeirense, ou o Ronaldo nasceu na Ilha da Madeira, ou a tradução completa, Cristiano Ronaldo, Português nascido na Ilha da Madeira?
hehehehehehehhehehe

Beijinhos, Soslayo

segunda-feira, junho 25, 2007 6:29:00 da tarde  
Blogger o alquimista said...

Pois é amigo, estou completamente de acordo contigo...a nossa lingua deve ser preservada e não subvertida em estrangeirismos patéticos adoptados muitas vezes por gente com responsabilidade cultural...


Abraço

segunda-feira, junho 25, 2007 7:52:00 da tarde  
Blogger Um Poema said...

Nem te digo quantas vezes me sinto indignado com as "enormidades" que vejo ou leio.
É confrangedor.

Um abraço

quinta-feira, junho 28, 2007 12:49:00 da manhã  
Blogger Saramar said...

Soslayo, concordo com você.
Nosa língua, tão linda, tão rica, melodiosa, está sumindo aos poucos, soterrada pelo anglicanismo.
Não sou radical, mas creio que a língua é um patrimônio, um elemento essencial da nacionalidade e não pode ser assim abandonada.

Beijos, bom domigo.

domingo, julho 01, 2007 2:23:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home





contador