quinta-feira, julho 19, 2007

FLORES NOS MEUS OLHOS

Foto daqui: Olhares.com


Nesta minha cidade que é tua
Por adopção se perdura
Entreposta a alegria com que ficaste
Desta terra que amas como ninguém.

Não admitindo mesmo nenhum desdém
Lavraste com a tua máquina
As imagens que mãos rudes elaboraram
Com pétalas de flores aqui florescidas.

Cheias de arrojo e bravura
Nestes socalcos de terras de mil ternuras
Escarpadas quase a prumo.

Com o prumo que sempre adoptaste
Da Madeira que outras flores plantaste
Dos filhos seguidores sempre amaste!


Mateus Gouveia
19/07/2007

Homenagem à minha amiga Emília Homem da Costa.

Etiquetas:

6 Comments:

Blogger delta said...

É bom ver-te de novo por aqui...sempre com um carinho especial para os amigos.

:-)


Isso quer dizer que a banda foi instalada com sucesso!!!

Beijinho

sexta-feira, julho 20, 2007 1:48:00 da tarde  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Lindo, lindo, lindo...

Gostei imenso1

sexta-feira, julho 20, 2007 3:56:00 da tarde  
Blogger Desambientado said...

Fantástico.

sábado, julho 21, 2007 10:27:00 da manhã  
Blogger Ana S. said...

Mais uma bela homenagem!
Beijos

sábado, julho 21, 2007 3:52:00 da tarde  
Blogger Um Poema said...

E lindas que elas s�o.
Arte em flores.

Um abra�o

terça-feira, julho 24, 2007 10:51:00 da tarde  
Anonymous Emília said...

Meu querido Amigo MG!Soslayo! E eu que só tão tarde vim encontrar esta homenagem! Desculpa, Amigo, mas ando às vezes esquecida do que é importante...Não mereço tanto, mas fico encantada por teres achado que sim...um soneto inspirado...flores...Maravilha!
Bjinhos para ti e muito, muito obrigada.

segunda-feira, novembro 19, 2007 4:38:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home





contador