domingo, abril 15, 2007

POEMA DEDICADO A SÓCRATES

O Churchil não tinha canudo
o John Major também não
o Jerónimo de Sousa é metalúrgico
o Zé Socas é aldrabão.
Se queres fazer uma casa
um arquitecto deves procurar
se queres construir um palheiro
com o Socas podes tratar.
Queixava-se o povo do Santana
achava-o maluco e incompetente
agora apanhamos o Socas
que "tirou o curso" na Independente.
Anda um gajo a queimar as pestanas
anos a fio no ensino estatal
o Zé Socas que é um gajo ocupado
fez tudo numa manhã dominical...

Desconheço o seu autor.

8 Comments:

Blogger antónio paiva said...

...........

Amigo,

sobre isto já sabes o que penso

.............

Pra Ti, desejo-te um bom resto de domingo e Boa Semana

Abraço

domingo, abril 15, 2007 11:39:00 da manhã  
Blogger Emilia said...

O Socas, O Trócas-te ou lá o que é... é um grande aldrabão.O país não precisa de ter mais dúvidas a esse respeito!Diz q tem orgulho no seu percurso académico! hehehe, mesmo é para ter!!Um percurso cheio de saltos e zonas de sombra que faz dele o maior malabarista dos últimos tempos!

domingo, abril 15, 2007 11:54:00 da manhã  
Blogger Papoila said...

Pois é, mais vale Ser que Parecer... e não precisa fingir para ser... assim não vai parecer mas mesmo Ser Aldabrão...

domingo, abril 15, 2007 5:38:00 da tarde  
Blogger Ana S. said...

Olá Soslayo!
Os canudos não servem para nada e esse nem com ou sem canudo deixa de ser o trapalhão de costume.
Viva la revolucion! lol
Beijos

segunda-feira, abril 16, 2007 5:45:00 da tarde  
Blogger antónio paiva said...

...........

Amigo,

O meu muito obrigado, pelas tuas palavras!

..............


Abraço e noite serena

segunda-feira, abril 16, 2007 7:23:00 da tarde  
Blogger Um Poema said...

Licenciado como "Aldrabão" só não sabe quem não quer. Aliás, licenciado e pós graduado.

Quanto às outras licenciaturas... são meros complementos.

Um abraço

segunda-feira, abril 16, 2007 11:23:00 da tarde  
Anonymous ilhas said...

Esta coisa do canudo do outro até já enjoa! Realmente é tudo uma trapalhice, mas já não se pode ver telejornais a fazer tanto sensacionalismo com o facto! O poema é giro e reflecte o estado de alma de muitos portugueses. abraços

quarta-feira, abril 18, 2007 2:30:00 da tarde  
Blogger Su said...

ehehehe
gostei desse poema:))))))))

jocas maradas

quarta-feira, abril 18, 2007 9:33:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home





contador