sábado, março 29, 2008

29 de MARÇO

Amizade que semeaste
Sopram os ventos de Março
Sinal do momento que te elevaste
Procuram agora os amigos em teu regaço
A vida que lhes ensinaste!

Homenagem ao Poeta José António de Freitas Gonçalves
Mateus Gouveia
29/03/08

Etiquetas:

5 Comments:

Anonymous delta said...

"sou poeta porque nasci só no orvalho das manhãs
e descobri nas palavras que explorei no silêncio
a explicação das coisas a razão da brancura
a vontade inexplicável de estar aqui"
in "Porque Nasci"

Tudo de bom!

terça-feira, abril 01, 2008 11:55:00 da tarde  
Blogger Emília said...

Linda, a amizade que vos une. Digo une, no presente, não digo uniu, porque os poetas não morrem. Nem os amigos.Só se afastam para o lado, mas ficam perto.Acredita.

quarta-feira, abril 02, 2008 8:37:00 da tarde  
Blogger Su said...

bela homenagem

jocas maradas...sempre

domingo, abril 06, 2008 9:12:00 da tarde  
Anonymous ilhas said...

oLÁ tenho um prémio para ti no meu blogue . Passa porlá para o o recolheres

segunda-feira, abril 14, 2008 10:03:00 da tarde  
Blogger Santa said...

Soslayo querido,

Andei ausente. Explico. Muito trabalho e viagens. Mas não esqueci dos meus mais preciosos blogs. Beijos aqui do Brasil.

sábado, abril 19, 2008 7:13:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home





contador