terça-feira, janeiro 13, 2009

POEMA DA MENTE + EXERCÍCIO

Há um primeiro-ministro que mente,
Mente de corpo e alma, completa/mente.
E mente de maneira tão pungente
Que a gente acha que ele, mente sincera/mente,
Mas que mente, sobretudo, impune/mente...
Indecente/mente.
E mente tão nacional/mente,
Que acha que mentindo história afora,
Nos vai enganar eterna/mente.

Desconheço o seu autor mas, brilhante.

Etiquetas:

1 Comments:

Anonymous delta said...

http://sorisomail.com/email/1395/o-engenheiro-areias.html


:))

quarta-feira, fevereiro 04, 2009 10:11:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home





contador